segunda-feira, 7 de outubro de 2013

PROS já tem mais de 1.000 filiações no Ceará


O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) no Ceará filiou em apenas quatro dias mais de 1.000 pessoas e se tornou a principal força política do Estado. Com cinco deputados federais e 11 deputados estaduais, além do governador Cid Gomes, do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, do presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque, e dos ex-ministros Ciro Gomes e Leônidas Cristino, o partido se funda baseado em princípios democráticos e progressistas.

Dentre os deputados estão os federais Antônio Balhmann, Ariosto Holanda, Domingos Neto, Edson Silva e Vicente Arruda, e os estaduais José Albuquerque, Mauro Filho, Ivo Gomes, Sérgio Aguiar, José Sarto, Sineval Roque, Welington Landim, Antônio Granja, Miriam Sobreira, Hermínio Resende e Manoel Duca.

A sigla também se fortalece com sete secretários estaduais: Danilo Serpa, Arialdo Pinho, Izolda Cela, René Barreira, Ferruccio Feitosa, Adail Fontenele e Bismarck Maia.

O Interior do Estado também teve grande participação. Ao todo, 276 pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores e suplentes já se filiaram. O partido espera filiar uma grande leva de correligionários nas próximas semanas, quando começam a ser montadas os comissões provisórias em todos os 184 municípios cearenses.

Lideranças políticas e comunitárias, representantes demovimentos sociais (como Sindical, LGBTT, Mulheres, Juventude, entre outros) e membros da sociedade civil aderiram em massa ao PROS.

Fonte: Politica cm K

Nenhum comentário: