quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Premium II: Governador se reúne com Ministra do Planejamento e Diretor da Petrobras


banner-refinaria
    O governador Cid Gomes recebe nesta quinta-feira (3) a ministra do Planejamento,  Orçamento e Gestão, Miriam Belchior e o diretor de abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, para reforçar, em reunião, as negociações para instalação da refinaria Premium II, no Ceará. O encontro acontece às 9 horas no Palácio da Abolição.


    Durante a reunião, Cid Gomes irá intensificar as negociações em prol da Refinaria, que será instalada  no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, na área do município de Caucaia. Em abril, o Governador entregou o documento de doação o terreno à presidenta Dilma Rousseff e à presidenta da Petrobras, Graça Foster. A área requerida pela empresa corresponde a 1.940 hectares.

    A Premium II é considerada uma das maiores refinarias de petróleo do mundo e terá escala mundial, com produção de 300 mil barris por dia, produzindo diesel, gás de cozinha, querosene de aviação, nafta petroquímica e coque. Os seus produtos possuirão a qualidade prêmio, ou seja, seguem as especificações internacionais, que são de baixíssimos teores de enxofre, daí a designação de Premium.

    Uma faixa de dutos, com extensão prevista de 11 quilômetros, ligará a Refinaria Premium II ao Porto de Pecém.  O investimento recebido será de US$ 11 bilhões. A produção de derivados será, principalmente, diesel e QAV (combustível de avião). Cerca de 90 mil empregos diretos e indiretos serão gerados com a instalação da refinaria.

RAIO X DA REFINARIA:

Área: 1.940 hectares.
Localização: Porto do Pecém.
Principais Vias de Acesso: BR-222 e CE-085.
Produção Diária: 300 mil barris.
Investimento: US$ 11 bilhões.
Mercado: diesel, gás de cozinha, querosene de aviação, nafta petroquímica e coque.
Empregos Gerados: 90 mil empregos diretos e indiretos.


PAC

Ainda na reunião, Governador e Ministra acompanharão o andamento das obras de duplicação do Anel Viário que passaram a ser executadas pelo Governo do Estado e é a maior obra executada em rodovias federais que cortam o Ceará nos últimos 25 anos. Também estará em pauta o projeto Rio Maranguapinho, considerada a maior intervenção urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no Nordeste.

O PAC está investindo no Ceará recursos da ordem de R$ 19,1 bilhões (2011-2014), conforme o último balanço divulgado. Os investimentos são em áreas estratégicas em eixos de Transportes, Energia, Cidade Melhor, Comunidade Cidadã, Minha Casa Minha Vida, e Água e Luz para Todos.

Após a reunião, a comitiva seguirá para vistoria às obras.

Anel Viário

As obras de duplicação do Anel Viário integram o Plano de Logística de Transporte do Porto do Pecém. Lá, estão sendo investidos recursos da ordem de R$ 200 milhões. O Anel viário compreende 32 km de extensão. Ele começa na CE-040 (Eusébio), cruza a BR-116 (Itaitinga), passando ainda pela CE-060 (Maracanaú), pela CE-065 (Maranguape) e pela BR-020 (Caucaia), indo até avenida Mister Hull (Tabapuá).

A nova pista será de pavimento de concreto, mais resistente e com maior durabilidade. A extensão inclui canteiro central, ciclovias laterais, retornos, acostamentos e nova sinalização. A existente possui 11 metros de largura. As obras de terraplenagem acontecem em frentes alternadas. As obras de artes especiais concluídas correspondem a 60%, outras 10% estão em andamento. A reforma permitirá melhoria de tráfego, principalmente para o Distrito Industrial de Maracanaú, Maranguape, Ceasa e interligação dos portos.

Rio Maranguapinho

O Projeto Rio Maranguapinho compreende um conjunto de intervenções nas áreas de urbanização, saneamento e habitação viabilizado com recursos do PAC na Região Metropolitana de Fortaleza. O total de investimento é da ordem de R$ 924,1 milhões. Desse volume R$ 556,556 milhões são oriundos do PAC I e outros R$ 367,603 milhões são referentes ao PAC II.

O objetivo central do Projeto é a extinção de áreas de risco localizadas às margens do Rio. Para tanto, estão sendo construídas 6.543 unidades habitacionais distribuídas por 13 residenciais, ao longo das duas margens do rio. Destes 13 residenciais, seis já foram entregues. Com isso, 15 áreas de risco foram eliminadas. Ainda na rubrica Habitação, estão sendo construídas mais 3.461 unidades habitacionais, dentro do Programa Minha Casa Minha Vida . No total, 10.004 famílias terão sido beneficiadas ao final do projeto.

Uma barragem entre as cidades de Maranguape e Maracanaú, para o controle de cheias, já foi concluída.  Além disso estão sendo executados serviços de dragagem e urbanização com obras de saneamento e instalação de equipamentos sociais para a comunidade local. O total é de 44,44 quilômetros de urbanização numa área que compreende os municípios de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Maranguape.

Fonte: ceara.gov.br

Nenhum comentário: