quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Dica de Saúde - Dra. Eveline Linhares

Osteoporose - O que posso fazer para evitar?
A osteoporose é resultado de um desequilíbrio entre a entrada e a saída de cálcio e fósforo do osso. Reduz a sua densidade e o enfraquece, a ponto de tornar mais fácil a ocorrência de fraturas, principalmente em coluna, quadril, fêmur e punho. Sua instalação tem início ainda na infância, mas as manifestações surgem apenas na fase geriátrica. Tanto homens como mulheres podem ser atingidos pela osteoporose, embora haja nítida predominância nas mulheres menopausadas.

Na idade adulta, é normal uma perda de 0,3% a 0,5% da quantidade óssea total a cada ano, perda esta que aumenta bastante após a menopausa, podendo ser até 10 vezes maior. Assim, toda mulher na pós-menopausa necessita ser avaliada quanto ao risco de osteoporose.

Muitas vezes, a presença de alguma outra doença, ou o fato de você estar tomando certo tipo de medicamento por um longo tempo, podem contribuir para o enfraquecimento dos ossos e aumentar o risco de fraturas, especialmente em vértebras, fêmur e antebraço. Essas fraturas, muitas vezes difíceis de serem curadas, têm uma grande repercussão, afetando o próprio indivíduo, sua família e a comunidade.

Redobre sua atenção
Medidas profiláticas devem ser consideradas em todas as pessoas que apresentam risco de osteoporose. As recomendações gerais são:

* Alimentação adequada
* Prática de atividades físicas
* Evitar consumo de álcool e cigarro
* Exposição solar adequada, necessária para a produção de vitamina D na pele, que também pode ser obtida a partir de vegetais ou de animais.

Apesar de ser produzida pelo organismo, é provável que cerca de 30% dos idosos tenham deficiência de vitamina D. Por isso, recomenda-se que todos os idosos com mais de 70 anos, recebam suplementação de vitamina D e uma exposição solar diária em ambiente externo (vidros reduzem a eficiência da produção da vitamina D).

Densitometria Óssea
Uma dúvida freqüente é sobre o momento ideal de realizar a Densitometria Óssea- exame que permite o diagnóstico de Osteopenia ou Osteoporose. Vai depender da idade do paciente - acima de 65 anos, ou da presença de fatores de risco- mulheres com baixo peso, brancas, com alimentação deficiente, que fazem uso de medicações ou que são portadores de condições que reduzem a massa óssea.

Portanto, converse com seu médico se você tiver algum problema de tireóide, fígado, câncer, doenças intestinais ou reumatismo, pois eles podem aumentar, em situações especiais, o risco de osteoporose.

Fonte: Dra. Eveline Linhares

Nenhum comentário: