quarta-feira, 2 de outubro de 2013

BARBOSA: NENHUM SISTEMA FUNCIONA COM TANTOS PARTIDOS


No entender do ministro Joaquim Barbosa, "o caminho" para reduzir o número de partidos políticos no Brasil é a cláusula de barreira. "Só sobrevivem aqueles partidos que continuam a ter representatividade no Congresso", afirmou. "É algo que existe em muitos outros países. Nós tínhamos a cláusula, mas o Supremo declarou inconstitucional."
Barbosa, disse que o número de siglas no Brasil é "péssimo para a estabilidade do sistema político" e que, "mais cedo ou mais tarde", o país terá de adotar uma cláusula de barreira.
"Nenhum sistema político funciona bem com 10, 12, 15, muito menos com 30 partidos", afirmou Barbosa. Na terça-feira da semana passada, a Justiça autorizou a criação do Pros e do Solidariedade, o que elevou o número de siglas no país a 32.

Nenhum comentário: