quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Cid Gomes sai do PSB pela porta da frente


As pressões do governador Eduardo Campos não deram resultado. O governador Cid prefere deixar o PSB a trocar o apoio à reeleição da presidente Dilma pelo palanque de Eduardo. Inconformado com os convites feitos pela direção socialista a Luizianne Lins e a Heitor Férrer, Cid avaliou ser chegado o momento de ir embora do PSB . Não era a sua intenção, mas as provocações não paravam e ele compreendeu que Eduardo não iria aceitar nenhuma dissidência interna no PSB. Ciente disso, o melhor é procurar um novo rumo partidário. Com Cid, devem sair deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores. O destino mais provável de todos deve ser o PROS, sigla criada nesta terca-feira (24) pelo TSE.

Dúvida zero
Não será apenas o governador Cid que deixará o PSB , mas também seus irmãos Ciro e Ivo. Quem também acompanhará Cid é o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Não era intenção do Governador sair, mas as hostilidades contra ele não paravam, daí sua decisão de ir embora.

Jeito de agir
Não é interesse do governador Cid nomear o substituto do ministro Leônidas Cristino para a secretaria dos Portos. Mesmo saindo do PSB , Cid cumprirá sua palavra e Leônidas não ficará no cargo. Cid não pretende indicar um substituto para não ser acusado de cometer fisiologismo.

Briga por cargos
Para Cid, ter um ministério é irrelevante. Para um governador, o importante é ter o apoio de 20 ministros para ajudar o Governo a realizar obras para o povo. Com essa visão, Cid anuncia que não irá se esforçar junto à presidente Dilma para que o Ceará tenha direito a um ministro.

Fonte: Donizete Arruda, via Ceará News 7

Nenhum comentário: