quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Centro de Formação Olímpica do NE: obras começam nesta quarta-feira (14)



O governador Cid Gomes assina nesta quarta-feira (14), às 9 horas, a ordem de serviço para a construção do Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO-NE), na avenida Alberto Craveiro, em frente à Arena Castelão. Os dois equipamentos juntos vão fazer parte do mais moderno, tecnológico e inteligente complexo de excelência esportiva do Brasil. O projeto do novo equipamento terá área total de 85.922,12m², sendo 45.117,87m² de área construída. O equipamento abrigará 26 das 32 modalidades olímpicas e prevê quadras, salas para lutas, piscinas olímpicas, pistas de atletismo, campo de futebol e ginásio poliesportivo de padrão internacional. Também está previsto hotel, praça de alimentação e alojamento para até 248 atletas.

O novo equipamento terá três eixos desportivos: desporto educacional, que despertará e estimulará os estudantes a prática esportiva; o deporto participativo, para que a comunidade faça do equipamento uma área de lazer de qualidade e saudável e o deporto de alto-rendimento, voltado para os atletas e para a prática de esporte competitivo.

O CFO terá ainda passarela para pedestre, que o ligará diretamente a Arena Castelão. O empreendimento, que será um dos mais completos do Brasil e receberá recursos do Governo do Estado e Governo Federal no valor de R$ 226.868.871,15, conforme anunciado pela presidenta Dilma Rousseff em visita ao Ceará no último mês de abril.

O novo Centro abrigará o maior ginásio esportivo do Brasil – o único retrátil. Ele será multiuso e terá capacidade para 17.100 pessoas sentadas (modo jogo) e 20 mil pessoas (modo evento), além de camarotes, bares, salão e sala tecnológica para transmissões. Haverá piscinas (olímpica e de salto ornamentais), campo e pista de atletismo; ginásio para ginástica olímpica e lutas; pistas de skate e BMX; quadras de vôlei de praia e de tênis de saibro; alojamentos para até 248 atletas e heliponto. A construção será feita pelo Consórcio Complexo Olímpico do Ceará com as Construtoras Galvão Engenharia SA e Recoma Construções Comércio e Indústria LTDA.

REDAÇÃO O ESTADO ONLINE

Nenhum comentário: