quarta-feira, 7 de agosto de 2013

BARBOSA ACUSA ENTIDADES DOS JUÍZES DE "POLITIQUEIROS"


O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, afirmou nesta terça-feira (6) que as entidades que reúnem magistrados agem como 'politiqueiros' ao questionar a forma como ele comprou um imóvel em Miami, nos Estados Unidos. Barbosa adquiriu um apartamento por meio de uma empresa da qual é sócio, a Assas JB Corp, o que permitiu que obtivesse benefícios fiscais. Segundo a 'Folha de S.Paulo', o apartamento tem 73 metros quadrados e custa entre R$ 500 milhões e R$ 1 milhão. Nesta terça, o jornal informou que entidades que reúnem magistrados fariam uma consulta ao CNJ, do qual Joaquim Barbosa também é presidente, para saber se um juiz de primeira instância pode adquirir um imóvel dessa forma, por meio de uma empresa. O objetivo, segundo a publicação, seria 'constranger' Barbosa. 'Isso é politicagem. O CNJ não cuida dessas matérias. Deixa eu lhe dizer uma coisa. É... Na verdade, eu não tenho nada a dizer. Nada. A única coisa que posso dizer a você é o seguinte: eu comprei com o meu dinheiro, tirei da minha conta bancária, enviei pelos meios legais. Não tenho contas a prestar a esses politiqueiros', disse o presidente do Supremo ao ser perguntado sobre a eventual consulta das entidades de magistrados. Barbosa afirmou que a aquisição do imóvel ocorreu de modo regular e disse que as entidades deveriam se preocupar com os 'assaltos ao patrimônio público'. (Do portal G1 – Mariana Oliveira)

Nenhum comentário: