sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Mulher processa ex-noivo por desistir do casamento três dias antes



Segundo turismóloga, fim do casamento foi informado pelo serviço de buffet.

Cerimônia foi desmarcada três dias antes de acontecer, alega Ilze de Souza. (Foto Reprodução)

A turismóloga Ilze de Souza, 29 anos, move três ações na Justiça da Bahia, contra o ex-noivo que, segundo ela, desistiu do casamento três dias antes da cerimônia, marcada para o dia 24 de setembro de 2011. Os dois viveram um relacionamento por oito anos entre namoro e noivado.

"Foram três ações, uma por danos morais e materiais, duas, uma em nome dela e outra em nosso nome, o pai e eu, e outra por bloqueio de bens. O que a gente espera é que isso realmente seja finalizado pela Justiça, porque nós ainda não conseguimos finalizar o processo, só tivemos uma audiência, para que isso sirva de lição", afirma Dona Eneida Souza, mãe de Ilze.

Segundo Ilze, ela recebeu a notícia do cancelamento do casamento através do serviço de buffet. "O buffet me ligou avisando que o noivo tinha ligado pedindo o cancelamento do casamento. Eu achei que era trote. Como eu não consegui falar com ele eu tive que confirmar o cancelamento e tempos depois os advogados dele disseram que ele estava desempregado e apenas queria ter adiado o casamento, não ter cancelado. Como eu fui irredutível ele cancelou", relatou.

Ilze conta que os seus parentes, que vivem em outros estados, já haviam chegado para a cerimônia e que as passagens para a lua de mel no Rio de Janeiro já estavam compradas. "Não houve explicação para o acontecido. Ele tinha levado as alianças para o polimento para que no dia estivesse tudo ok. Três dias antes ele fez o cancelamento do casamento sem antes me procurar, sem procurar nem mesmo a minhafamília. O momento foi constrangedor, a gente não espera esse tipo de acontecimento e eu tive que desmarcar inclusive com os convidados dele e assumir os custos de tudo que foi cancelado".

A família de Ilze afirma que também investiu na relação do casal, ajudando-os inclusive a adquirir a casa na qual moraria. "Nós ajudamos ele a adquirir o imóvel, que era em nome dele, mas por conta da relação que ele tinha com a minha filha", diz Dona Eneida Souza.

Ilze explica que após passar um mês em depressão, procurou os advogados para pedir à Justiça a solicitação de indenizações. "Eu acho que pela falta de respeito da pessoa, e de hombridade de procurar o envolvido e dizer: 'olha, não quero mais, não é isso que eu pensei para mim'. A única coisa que eu espero da Justiça agora é que ele pague o que me deve", destaca.


Via meionorte

UNICEF: 65 municípios do Ceará ganham selo



O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) realizou, na tarde de ontem, a cerimônia 
nacional de anúncio dos municípios que conquistaram o Selo Unicef Município Aprovado
 Edição 2009-2012, das regiões do Semiárido e da Amazônia. O Ceará alcançou o maior
 número de cidades certificadas, com 65 no total, e os ganhadores desta edição receberão 
seus troféus e certificados no próximo dia 17 de dezembro, no Centro de Eventos do Ceará (CEC).

Entre os municípios certificados estão Araripe, Brejo Santo, Cruz, Croatá, Guaraciaba do Norte,
 Horizonte, Iguatu, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeramobim, Redenção, Sobral, Várzea Alegre,
 entre outros. Durante a cerimônia, o governador Cid Gomes assinou o “Pacto Nacional
 Um mundo para a criança e o adolescente do Semiárido”, com o compromisso de somar 
forças entre o governo federal, governos estaduais, organizações da sociedade civil, 
organismos internacionais e empresas privadas para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento 
do Milênio no Semiárido e na Amazônia.

Em seu pronunciamento, Cid Gomes ressaltou que em muitos casos o que falta aos 
administradores é apenas um rumo, uma orientação, e mesmo sendo dotado de boa vontade,
 muitas vezes, não é possível se atingir os objetivos. “O Unicef, em muito boa hora,
 sugeriu esse programa que foi responsável por uma evolução extraordinária nos indicadores 
sociais de cuidados com a criança e o adolescente no Ceará”, disse o governador.

Os municípios ganham recursos com o Selo?
Esclareço isto aqui, porque já se ouve muitas pessoas imaginando que "os municípios ganharão 
uma nota". Os municípios não recebem um tostão pelo selo, apenas o reconhecimento de suas 
ações. É uma espécie de troféu por investir em crianças e adolescentes, mas no tocante a recurso,
 não recebe nada, zero. 

Nesta edição é que o governador Cid prometeu 03 carros para os municípios que estiverem entre 
os 20 melhores pontuados e só. Nada de dinheiro, nada.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE ENERGIA EÓLICA EM IBIAPINA



O tema da energia eólica será discutido mais uma vez na Serra da Ibiapaba, em uma audiência pública. Desta vez, será na Câmara Municpal de Ibiapina, NESTA QUINTA , às 9h.
A realização do encontro é da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (SEMACE) e a empresa Geradora Eólica Bons Ventos da Serra S.A, que apresentarão o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório do Impacto Ambiental (RIMA) do projeto.

A Serra da Ibiapaba é considerada o segundo melhor local do Ceará com bons ventos para captaçaõ de energia e, em Ibiapina, será implantado um parque eólico em 2013. 
 
(Fonte: Correio Ibiapaba)

INEP DIVULGOU AS NOTAS DAS ESCOLAS DA IBIAPABA DO ENEM 2011


 
O INEP divulgou o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio 2011. As médias gerais não contam a Redação. O INEP também não divulgou as notas das escolas com menos de 10 alunos participantes. Confira o resultado das escolas públicas e privadas da Ibiapaba. 
 
 
As notas do ENEM 2012 que foram realizados em novembro serão divulgados no próximo ano.

GRÁFICO: CORREIO IBIAPABA

ANATEL: LIGAÇÕES SUCESSIVAS PARA UM NÚMERO SERÃO COBRADAS SÓ UMA VEZ


A Anatel determinou ontem (28) que ligações sucessivas feitas para os mesmos números de origem e destino só poderão ser cobradas uma única vez. A medida foi aprovada pelo conselho diretor da agência e altera o regulamento de serviço móvel. A medida entrará em vigor dentro de, no máximo, 90 dias após sua publicação no Diário Oficial. O intervalor entre as ligações deverão ser de no máximo de dois minutos para que a segunda cobrança não seja efetuada. Segundo a Anatel, se a “chamada for interrompida por qualquer razão e o usuário repeti-la em até 120 segundos, essa segunda chamada será considerada parte da primeira, como se a primeira não tivesse sido interrompida”.
 
Fonte: Anatel via Sobral de Prima

IPU: EX-PRESO SÁVIO PONTES TOMA POSSE COM PROTEÇÃO REFORÇADA


O político Sávio Pontes (sem partido) foi empossado, ontem (28), prefeito de Ipu(Zona Norte) por determinação da justiça e resguardado por aparato policial nunca visto na terra de Iracema. Com imagens cinematográficas, a cidade serrana protestou indignada, a posse do prefeito que até pouco tempo esteve atrás das grades - preso. Ainda bem que falta de segurança tão presente em nossa região (Zona Norte) não estava precisando do trabalho policial, pois, caso necessitasse das forças de segurança, no dia de ontem (28) praticamente toda ela estaria ocupada, protegendo o ex preso prefeito.

Construção incorpora técnicas e modifica a cara da Capital

Além de alterar cenários de Fortaleza, o avanço do setor foi responsável por edificar carreiras e concretizar sonhos
O mestre de obras Geraldo Santos (à esquerda) atua na área desde os 12 anos. Já o aposentado Ismael Marques (à direita), alegra-se com a casa própria, conquistada após 15 anos pagando aluguel FOtos: divulgação/Fabiane de Paula


Praia de Iracema, 1942

Em uma cidade que se expandiu vertiginosamente nas últimas décadas, o desenvolvimento de atividades como a construção civil foi, antes de tudo, uma necessidade. Enquanto acompanhava o ritmo de crescimento de Fortaleza, o setor passou também por uma série de mudanças, com a incorporação de novas técnicas e conceitos. Nesta semana, o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Ceará (Sinduscon-CE), comemora 70 anos, e o Estado celebra o avanço de uma área que cresce continuamente.

Um dos observadores privilegiados da evolução do setor é o mestre de obras Geraldo Pereira dos Santos, que há 55 anos atua como mestre de obras. O envolvimento de Geraldo com a construção civil teve início em 1952, quando ele tinha 12 anos.

Longa trajetória
Acompanhando os trabalhos do pai, que era mestre de obras, Geraldo familiarizou-se com a profissão de pedreiro e com o ramo que seguiria pelas próximas seis décadas. Após cinco anos, ascendeu na profissão e antes de atingir a maioridade tornou-se Mestre Geraldo, como até hoje prefere ser chamado.


Praça Portugal, 1972

Nos primeiros anos como mestre de obras, atuou na construção de várias casas e estabelecimentos comerciais na Capital, crescendo pouco a pouco na profissão. Antes de completar a primeira década no ramo, porém, teve de enfrentar um dos maiores desafios que já lhe foram postos no caminho. No fim da década de 1950, especialmente em 58, quando uma grande seca atingiu o Nordeste, passou a ter bastante dificuldade para encontrar trabalhos no Estado economicamente fragilizado.

Na mesma época, enquanto Geraldo empenhava-se na busca por bons trabalhos, outro fortalezense, Ismael Marques, também lutava para se sustentar, ao mesmo tempo em que preservava um objetivo cuja concretização parecia inalcançável. Em um período no qual ter uma casa própria era um sonho distante para grande parte da população, Ismael alimentava o desejo de livrar-se do aluguel. Se não acompanhou com conhecimento técnico as transformações da construção civil, foi uma das pessoas que assistiu às diversas mudanças ocorridas na cidade, década após década.

Geraldo, por sua vez, passou o fim da década de 1950 em Barbalha. No Interior, adquiriu mais experiência, construindo desde farmácias e lojas a uma barragem no município. Em 1961, voltou à Capital, onde "as coisas começaram a clarear". A cidade crescia e já não era tão difícil encontrar emprego.


Beira-Mar, 1982

Foi em meio a esse processo que a sorte de Ismael mudou de forma inesperada. Em 1968, ele foi contemplado por um programa executado pela Companhia de Habitação do Ceará (Cohab). A partir daí, uma nova etapa começou, com a família se mudando para uma casa no bairro Presidente Kennedy. As preocupações financeiras, porém, não cessaram, já que era preciso pagar as prestações do imóvel. Ao todo, foram 300 meses destinando parte do salário ao novo lar.

Com o passar do tempo, enquanto a cidade se expandia, a construção civil também avançava, moldando-se conforme as necessidades de uma Capital cujo cenário passava por rápidas transformações. Por volta da década de 1970, destaca o professor do departamento de Arquitetura da Universidade Federal do Ceará (UFC) Antônio Carvalho, os edifícios começaram a se multiplicar por Fortaleza, alterando bairros antes formados quase que exclusivamente por casas.

Nesse período, Mestre Geraldo se firmava como um profissional capacitado, que já notava as mudanças no setor e no perfil dos profissionais. Hoje, diz, os pedreiros, de modo geral, são muito mais preocupados com o salário e com os benefícios que receberão do que com o resultado do serviço.

Novos métodos

Segundo Carvalho, nas últimas décadas, a construção civil incorporou novos métodos e preocupações, ligadas à necessidade de construir com precisão e velocidade. Mais recentemente, no Brasil, principalmente a partir da década de 1990, acrescenta, um conceito passou a ser essencial - sustentabilidade - o que, mesmo sendo positivo, encarece o preço dos projetos.

Ainda assim, ressalta Ismael Marques, as facilidades para o financiamento tornam menos distante o sonho da casa própria da população. Hoje aos 91 anos, alegra-se ao ver o "caminho mais fácil" para os filhos e netos.

É também com alegria que Geraldo reflete sobre sua carreira profissional. Neste ano, foi agraciado com o prêmio de Operário do Ano, concedido pelo Sinduscon. Ele encara de forma positiva o reconhecimento, mas revela que seu maior contentamento, que cresce e se renova a cada nova obra, é poder contemplar o imóvel finalizado e sentir que realizou seu ofício da melhor forma, que pôde cumprir seu trabalho e atender às expectativas daqueles que nele confiaram.

Premiação reconhece iniciativas pelo setor

Celebrando seus 70 anos de fundação, o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Ceará (Sinduscon-CE) promove, amanhã, no La Maison Dunas, a Festa do Prêmio da Construção 2012. A iniciativa reúne os principais nomes da construção civil cearense, para reconhecer as ações exercidas em prol do desenvolvimento do setor.

Para o vice-presidente do sindicato, André Montenegro, a entidade vem "galgando sua credibilidade" nas últimas décadas, enquanto as empresas têm se dedicado a se aperfeiçoar e investir em áreas como a formação de mão de obra qualificada.

Ele ressalta que, desde o impulso que o setor passou a partir da década de 1970, quando o País começou a investir mais fortemente em infraestrutura, a atividade continua crescendo, especialmente diante do déficit habitacional e de equipamentos púbicos, como hospitais e instituições de ensino.

Solenidade

Durante a cerimônia de amanhã, serão premiados os indicados pelos associados nas respectivas categorias. Os indicados foram Geraldo Santos, da Construtora Diagonal, como Operário do Ano; José Simões, da J. Simões, como "Construtor do Ano"; Ricardo Miranda, da Construtora Santo Amaro, que venceu com o "Responsabilidade Social"; Adail Fontenele, titular da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), agraciado pelo "Desenvolvimento Setorial"; Eugênio Montenegro, da Fibra Engenharia, recebe o "Tecnologia e Qualidade na Construção" e Neudson Braga, homenageado como "Resgate Histórico". (JM)

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Israel e a nova guerra mundial



Ao convocar 75 mil reservistas para as fileiras, o governo de Israel deixou claro que prepara nova invasão terrestre da Faixa de Gaza, como passo prévio a uma aventura maior, contra o Irã. Desta vez, no entanto, há sinais de que a violência encontrará a resistência dos países árabes vizinhos. A visita do primeiro ministro do Egito, Hisham Kandil, a Gaza e a clara advertência do novo presidente, Mosri, de que os egípcios não deixarão os palestinos sós deveriam conter os alucinados direitistas de Tel-Aviv, mas não parece que isso ocorra. Ao contrário, há todas as indicações de que se encontram dispostos a ir ao tudo, ou nada.

Ocorre que as coisas mudaram nos países árabes. Os aliados de Israel haviam visto, na primavera árabe, uma democratização à americana, que laicizaria as sociedades muçulmanas e as levaria à absorção pela civilização do consumo. Se assim fosse – era a ilusão de Israel –, os palestinos seriam compelidos a aceitar, resignados, o fim de sua luta pela sobrevivência como nação. Rapidamente as coisas se mostraram como são.

Os árabes não saíram às ruas para contestar o Islã, mas com o propósito de recuperar os princípios de solidariedade do Corão e contestar o alinhamento de seus governos aos interesses de Washington. Não é por outra razão que os radicais de Al Qaeda contribuíram para o levante contra Kadafi.

O Egito, sob Mubarak, sempre foi fiel aos Estados Unidos em sua política regional, e aliado confesso de Israel. Com Mosri, a situação mudou. O novo presidente egípcio tem mantido consultas sucessivas com outros chefes de Estado e de governo árabes e reuniu, no Cairo, o presidente da Turquia, Recep Erdogan, o emir de Catar, Hamad bin Khalifa Al Thani, e outros dirigentes políticos da região, para discutir o problema da Palestina. O emir de Catar visitou recentemente a Faixa de Gaza e doou 254 milhões de dólares para a reconstrução de seus hospitais.

A atitude mais clara do Cairo foi a de enviar a Gaza seu primeiro ministro Hisham Kandil, sexta-feira passada. Israel prometeu que suspenderia seus ataques aéreos contra a área durante as três horas da visita do dirigente egípcio – mas antes que Kandil deixasse a cidade pelo passo de Rafa, reiniciaram-se os bombardeios. Os judeus usam mísseis ar-terra, como o que matou o primeiro ministro do Hamas. E também aviões não tripulados, os criminosos drones. Dezenas de crianças estão gravemente feridas e, entre outras vítimas infantis, morreu um menino de apenas onze meses.

Se Israel, além de arrasar Gaza, como é o confessado propósito de seus extremistas, atacar o Irã, será quase impossível evitar uma terceira guerra mundial. O momento, sendo de recessão econômica global, é propício ao desvario dos conflitos armados. Como registra a História, nada melhor para o capitalismo do que um grande conflito, do qual ele sempre emerge fortalecido. Mas não parece que, desta vez, os vencedores venham a ser os mesmos.

(Viomundo, Mauro Santaiana)

Obama promete combater aquecimento global



O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu nesta quarta-feira dar um novo impulso às políticas contra o aquecimento global, afirmando que o país precisa se unir para reduzir as emissões de carbono. Na primeira conferência de imprensa após as eleições de 6 de novembro, Obama disse que planeja levar adiante um “diálogo ao longo do país” nos próximos meses para encontrar uma base sobre a qual promoverá políticas contra a mudança climática, após falhar nos seus esforços no primeiro mandato. “Acredito firmemente que a mudança climática é real, que é impactada pela conduta humana e as emissões de carbono. Acredito que temos uma obrigação com as futuras gerações sobre fazer algo a respeito.”

Obama disse que sua posição sobre a mudança climática exige um “processo educativo” e “decisões políticas difíceis”, mas destacou que sua postura é compatível com os esforços para se criar mais empregos numa economia que ainda balança.

“Se [...] pudermos dar forma a uma agenda que crie empregos, promova o crescimento e faça uma abordagem séria da mudança climática, acredito que o povo americano nos apoiará. Podem esperar mais de mim nos próximos meses e anos sobre como dar forma a uma agenda que tenha apoio bipartidário.”

Após a primeira eleição de Obama, grande parte do Partido Republicano rejeitou as propostas do governo para combater o aquecimento global, alegando que as medidas prejudicariam a economia.

Obama não atribuiu a megatormenta Sandy - que no início de novembro atingiu a costa leste dos EUA - à mudança climática, mas destacou que as temperaturas médias estão aumentando e que o degelo do Ártico ocorre em ritmo mais elevado que as piores previsões.

“Tem havido um número extraordinariamente grande de eventos climáticosseveros aqui nos Estados Unidos, mas também em todo o mundo”, disse o presidente.

Os aliados de Obama no Congresso têm apoiado sua posição sobre a mudança climática e Nancy Pelosi, a principal democrata na Câmara de Representantes, celebrou nesta quarta-feira as declarações do presidente e disse que o combate ao aquecimento global é “prioridade”.

A Câmara de Representantes aprovou em 2009 um plano para restringir as emissões de carbono, mas a iniciativa foi barrada no Senado, apesar da maioria democrata.


Crescimento da aids entre os jovens preocupa



O crescimento da aids entre os jovens, especificamente entre os homossexuais, é uma das “grandes preocupações” do Ministério da Saúde, afirmou nesta terça-feira (20) o ministro Alexandre Padilha. “Essa geração não acompanhou o início da luta contra a aids nem perdeu ídolos por causa da doença, por isso a importância da sensibilização”, argumentou Padilha. A faixa entre 15 e 24 anos merece atenção no controle do HIV porque concentra boa parte das pessoas recém-infectadas. Entre os soropositivos nessa faixa etária, os homossexuais representam uma parcela cada vez maior. Em 2002, eles eram pouco menos de 40%. De acordo com os novos dados apresentados pelo Ministério, eles já ultrapassam os 50%.

Por isso, os jovens são um público-alvo importante do programa “Fique Sabendo”, que vai oferecer testes rápidos para detectar HIV, hepatite e sífilis. A meta do Ministério da Saúde é examinar 500 mil pessoas no período. Para atingir esse público específico, o Ministério pretende levar a campanha de mobilização para locais frequentados por jovens – com atenção especial para os homossexuais –, como boates e bares. Além disso, a campanha será feita nas redes sociais, assim como no rádio e na televisão.

Entre 2005 e 2011, o número de exames rápidos feitos no país aumentou de 528 mil para 2,3 milhões, pelo programa “Fique Sabendo”. Só neste ano, de janeiro a setembro, foram distribuídas 2,1 milhões de unidades, e a expectativa do governo é encerrar 2012 com uma remessa de 2,9 milhões de testes só para detectar o vírus da aids.

Cerca de 38 mil casos são diagnosticados anualmente no país. Quanto antes é descoberto o vírus, mais eficaz é o tratamento. Segundo o Ministério, cerca de 70% das pessoas que tomam o coquetel antirretroviral apresentam cargas virais indetectáveis. [...]

Atualmente, cerca de 530 mil pessoas estão com o vírus HIV no país. Dessas, 217 mil estão em tratamento e 130 mil ainda não sabem que tem a doença, segundo o ministério. “Nossa meta com a campanha é fazer com que pessoas que façam parte desses 130 mil tomem conhecimento e comecem a se tratar”, disse o ministro. [...]

Humanos estão cada vez menos inteligentes



“Nós já fomos mais inteligentes.” Essa frase pode ser atribuída a um famoso jornalista brasileiro, mas agora também está sendo dita por um geneticista chamado Gerald R. Crabtree, que publicou o estudo “Nosso frágil intelecto”. Para o cientista, há uma série de evidências que mostram que a raça humana passou por mutações genéticas que resultaram naperda de capacidade intelectual ao longo dos milênios. O grande foco da análise de Crabtree (que é pesquisador de Stanford, uma das universidades mais respeitadas dos Estados Unidos) está nos genes humanos. Ele diz que o cérebro humano precisa de milhares de genes para ser formado e simples alterações em um deles pode causar grandes problemas para a absorção de conhecimento. Ele também diz que isso pode ter acontecido pelo menos duas vezes nos últimos milênios.

Apesar de Crabtree ser um pesquisador de uma grande universidade norte-americana, a comunidade científica não parece ter recebido os estudos dele com bons olhos. Não por falhas em números ou inconsistências em argumentos, mas sim pela similaridade da teoria de Crabtree com outras teorias que ficaram muito famosas no começo do século XX: as teorias eugênicas.

A eugenia é base de boa parte das argumentações de quem defende a pureza racial. Crabtree acaba reacendendo discussões parecidas com aquelas, pois os primeiros teóricos da eugenia diziam que a mistura de raças poderia deixar os humanos menos inteligentes. Mesmo com todas as críticas, Gerald Crabtree disse à revista PopSci que seus trabalhos nada tem a ver com a eugenia.

Ele disse também que o melhoramento genético poderá resolver todos os problemas no futuro, isso se eles se tornarem um problema. Vale dizer que Crabtree não disse que estamos “mais burros”, mas sim que atualmente temos “menor capacidade intelectual”, porém com mais conhecimento.

Espanha é confirmada como cabeça-de-chave e jogará em Fortaleza


Confirmada como cabeça-de-chave na Copa das Confederações, a Espanha será a equipe B1 no sorteio dos grupos, que será realizado no próximo sábado, dia 01/12.

Quem confirmou a informação foi o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em entrevista coletiva realizada nesta tarde, em São Paulo, com outros membros da diretoria do COL.
Dessa forma, está garantido que a seleção campeã europeia e mundial jogará em Fortaleza, visto que o jogo 11, envolvendo B1 x B4, acontecerá na capital cearense, no dia 23 de junho.
A seleção espanhola poderá jogar até duas vezes em Fortaleza, visto que a semifinal marcada para a cidade envolverá o líder do Grupo B (encabeçado pela Espanha) e o segundo lugar do Grupo A (encabeçado pelo Brasil).
Itália e Uruguai
Seleção espanhola, atual campeã mundial
Valcke também confirmou que Itália e Espanha, assim como Brasil e Uruguai, não poderão figurar no mesmo grupo na Copa das Confederações. “É um princípio da Fifa, não podemos ter no mesmo grupo times do mesmo continente”, explicou.
Assim, fica definido que a tetracampeã mundial Itália ficará no grupo do Brasil e o campeão da América, Uruguai, no grupo da Espanha. As posições que figurarão no grupo (A2, A3 ou A4, B2, B3 ou B4) só serão conhecidas no sorteio final, no sábado.
Fonte: DN

SECA NO CEARÁ: CHUVAS DEVEM CAIR SOMENTE EM FEVEREIRO DE 2013




O estado do Ceará passa pelo pior período de estiagem dos últimos 29 anos. A estiagem acarretou um prejuízo de milhões de reais, além da grande perda da produção de grãos, de leite e da criação de gados. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as chuvas devem cair somente em fevereiro de 2013.

Em 2012, as precipitações observadas no estado ficaram em 50,7% abaixo da média histórica, de acordo com aFundação Cearense de Meteorologia (Funceme). A média climatológica para o período é de 606,4 milímetros e choveu 299,2 milímetros. Em janeiro de 2012, a Funceme divulgou o prognóstico da estação chuvosa em que havia grande probabilidade de chuva entre a média e abaixo da média para todo o ano.

Para o próximo ano, a Funceme informou que só vai divulgar a primeira previsão oficial da quadra chuvosa no início de janeiro. “Ainda não podemos dizer os números com precisão. O que podemos antecipar é que dezembro será um mês de chuvas pouco significativas”, afirma a meteorologista Dayse de Morais.

Prognóstico de chuvas

Apesar da Funceme só divulgar o prognóstico em janeiro, um dos responsáveis pelas pesquisas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Mozar de Araújo, antecipou que a previsão para o início das chuvas no Ceará é no mês de fevereiro de 2013. “E mesma que seja no período de chuva, corre o risco de não ser suficiente para resolver o problema. A probabilidade é que chova menos que a média”, explicou.

Via PortalUruoca

28 cidades do Ceará correm risco de epidemia de dengue, diz boletim


Dois municípios estão em estado de alerta: Aracoiaba e Quixadá.
Fortaleza registrou aumento de 12,3% no número de casos.


O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Ceará divulgado na sexta-feira (23) mostra que 28 municípios do estado podem ter epidemia de dengue nos anos de 2012 e 2013. A possibilidade é medida por meio do Índice de Infestação Predial (IIP) que, nestas de cidades, está acima de 1%. A situação é ainda mais delicada em Aracoiaba e Quixadá, onde o IIP supera 4%. Este índice coloca as duas cidades em estado de alerta.

De acordo com o Ministério da Saúde os municípios classificados como de risco apresentam larvas do mosquito em mais de 3,9% dos imóveis pesquisados. É considerado estado de alerta quando menosde 3,9% dos imóveis pesquisados têm larvas do mosquito, o índice é satisfatório quando está abaixo de 1% de larvas do Aedes aegypti.

Com a mudança nas administrações municipais e o provável início do período chuvoso, aumenta a preocupação das autoridades de saúde com o crescimento no número de casos de dengue. Isso porque as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti podem ser descontinuadas em decorrência da posse dos novos prefeitos.

Para o médico infectlogista Anastácio Queiroz, o período é de alerta e é preciso intensificar as ações de prevenção. "Os prefeitos que estão saindo devem deixar como marca a sua preocupação com a população no sentido de garantir a continuidade das ações para que não aumente o número de casos de dengue, no Ceará", diz.

Outra preocupação é com a disseminação do vírus tipo 4 no estado. De acordo com a Secretaria da Saúde, no momento em que esse sorotipo for identificado em qualquer município, caso a infestação pelo mosquito da dengue esteja acima de 1%, essa cidade passa a apresentar alto risco de epidemia e, principalmente, um aumento no número de casos graves.

Nos onze primeiros meses de 2012, foram confirmados 50.667 casos da doença em 166 municípios, o que representa 90,2% dos total de municípios cearenses. Fortaleza e Maracanaú, na Região Metropolitana, concentram os maiores números de ocorrências com 38.764 e 2.277 casos, respectivamente. Cento e quatorze pesssoas morreram por causa causa da dengue no estado.

Em Fortaleza, o bairro que causa mais preocupação é o São João do Tauape que tem 1.220 casos confimados da doença, seguido por Messejana (1.168), Jangurussu (1.165), Alto da Balança (1.009) Prefeito José Walter (956), Barroso (935), Bom Jardim (854) e Barra do Ceará (809). Em comparação com o ano passado, o número de casos de dengue na capital já registrou aumento de 12,3% este ano.


Com informações do G1 CE 

Veneno de cobra age contra câncer de pele, aponta estudo do Butantan




Uma toxina encontrada no veneno da cobra cascavel poderia aumentar a sobrevida de casos de câncer de pele em até 70%, segundo um estudo feito com camundongos pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

Segundo a geneticista Irina Kerkis, que coordenou a pesquisa, a grande vantagem da proteína crotamina é que, na dose certa, ela distingue células normais das cancerosas e consegue entrar dentro destas, com um efeito que dura até 24 horas. Isso permitiria que a substância fosse administrada apenas uma vez por dia, reduzindo os efeitos colaterais da quimioterapia.

"A crotamina inibe o crescimento das células alteradas e as mata. Em alguns casos, o câncer praticamente desapareceu", conta a geneticista, que orientou o trabalho do doutorando da Universidade de São Paulo (USP) Alexandre Pereira, na área de biotecnologia.


A toxina retirada dessa espécie de cobra peçonhenta (Crotalus durissus), que tem um chocalho na cauda e é natural do continente americano, vem sendo estudada desde 2004, mas para outras aplicações. Desde 2009, por meio desse estudo, é que os cientistas analisaram seus efeitos contra o câncer.

Primeiro, foram observadas células humanas e animais isoladas, com ação em tumores de mama e pulmão, por exemplo. Na fase seguinte, com 70 camundongos, os autores – que publicaram o estudo no ano passado na revista britânica "Expert Opinion on Investigational Drugs" – viram que a crotamina foi eficiente na contenção de melanoma, um tipo menos comum de câncer de pele, mas extremamente agressivo, pois se espalha rapidamente para outros órgãos.

Segundo Irina, os testes clínicos com seres humanos devem começar em cerca de dois anos, e dentro de cinco é possível ter um novo medicamento contra o melanoma.

"Os fármacos tradicionais usados na quimioterapia têm grande impacto nas células saudáveis, com muitos efeitos colaterais. Já a crotamina é inofensiva para elas. Além disso, é mais facilmente diluída em água, o que facilita a administração injetável", explica.

O estudo deve continuar agora a pesquisar outras formas de aplicação dessa toxina, por meio de uma "bomba" embaixo da pele que solta a substância em pequenas quantidades durante algumas semanas. Assim, o composto não entra na corrente sanguínea, o que minimiza seu impacto no organismo.

Outro benefício, de acordo com Irina, é que a crotamina das cascavéis não tem o efeito emagrecedor visto nos quimioterápicos normais. Nos testes com cobaias, a proteína mostrou que consegue fazer o indivíduo manter o peso.

A geneticista destaca, ainda, que a substância é uma ferramenta biotecnológica poderosa, que pode ajudar também no diagnóstico do câncer. Isso porque, quando entra nas células cancerosas, a crotamina vira um marcador que detecta o crescimento do tumor e casos de metástase.

"Estamos otimistas, mas ainda é uma pesquisa", ressalta a geneticista.

Segundo ela, uma espécie de escorpião também tem veneno com propriedades parecidas às da crotamina, mas ainda não há pesquisas relacionando o composto com tratamento de câncer.

Fonte:Portal G1

Mãe afoga filho recém-nascido achando que era o demônio




Talae Akei Thomas, de 30 anos, afogou seu filho, um bebê de apenas cinco semanas de idade, porque ela acreditava que ele fosse o demônio.

Segundo o site do jornal Huffington Post, Talae disse que seu filho verdadeiro morreu no hospital, e que a criança que ela levou para casa era do mal.

"Meu bebê morreu cinco semanas atrás no hospital. Eu levei o demônio para casa", disse a mãe em depoimento à polícia. "O bebê começou a falar comigo e eu sabia que era o demônio, então eu o matei. Eu afoguei o demônio que estava em meu bebê", contou.

A família de Talae disse que ela estava tendo alucinações e que passou por um colapso quatro anos atrás. Contudo, segundo a família, ela também era uma mãe amável.

"Ela estava ansiosa pela chegada do bebê", disse a irmã de Talae.

Talae foi presa em 16 de novembro, quando a polícia descobriu que ela estava mentindo, dizendo que tinha perdido o seu filho. Eles encontraram o corpo da criança de cinco semanas de vida flutuando na banheira.


Via cabuloso

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Noma: Doença que está apavorando a África




“Cancrum Oris” ou simplesmente NOMA é encontrado quase que exclusivamente em crianças desnutridas nos países mais pobres do mundo. 

Trata-se de uma gangrena viciosa e mortal que corrói a carne ao redor da boca alastrando-se por toda a face, atingindo principalmente crianças de até 6 anos de idade. 

Estima-se que 70 a 90 % das crianças assoladas por este mal, morrem, porém para aquelas que sobrevivem , resta a trágica situação de passar o resto dos seus dias com desfigurações tão grotescas a ponto de serem rejeitadas por suas sociedades. 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que mais de 500 mil crianças são vítimas do NOMA na África. 

a maioria dos casos, o NOMA começa com úlceras nas gengivas e é de lá que a doença se espalha. A boca fica dolorida, bochechas e lábios tornam-se sensíveis e inchados, fazendo com que a criança tenha dores insuportáveis e dentro de poucos dias sua face torna-se uma grande área gangrenada. 

À medida que a gangrena destrói a carne (às vezes até os ossos) vai se formando uma grande crosta que eventualmente cairá deixando imensos buracos no rosto e deformações bizarras. 

Nos bebês, geralmente, os lábios ficam tão ou totalmente destruídos, que impedem a criança de se alimentar no seio materno. Consequentemente, estas crianças já subnutridas e doentes, morrem de fome pelo fato de não conseguirem se alimentar de outras formas. 

Os poucos sobreviventes levarão uma desfiguração grotesca para o resto de suas vidas. A maioria jamais será capaz de comer ou falar normalmente. 

O que mais choca nisso tudo, acredite, não são as deformações… 

A parte mais chocante desta história é saber que este mal devastador, pode ser prevenido apenas com uma alimentação saudável e higiene bucal. 

Existem várias fundações de apoio a crianças vítimas do NOMA, com mutirões de cirurgia plástica gratuita, para tentar amenizar o sofrimento desta pessoas.


Fonte: O Controle da Mente – Fonte: dtherion.blogspot.com.br